Atelier Digital da Google em Portugal

  

 

atelier digital

Foi hoje apresentado, no Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), o projeto da Google “Atelier Digital” em Portugal, uma plataforma que visa auxiliar na formação dos jovens em competências digitais, dotando-os das ferramentas necessárias para aproveitarem as oportunidades da digitalização da economia e contribuir para fomentar o empreendedorismo em Portugal.

Numa primeira fase os cursos são online. A partir de janeiro de 2017 decorrem também em regime presencial, sendo o Politécnico de Setúbal, o Politécnico de Leiria e a Universidade de Aveiro, as primeiras Instituições a receberem estas sessões de formação gratuita para a comunidade académica e interna, bem como para comunidade envolvente e para todas as pessoas com ou sem grau académico, empregados ou desempregados. O projeto Atelier Digital tem como parceiros o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) e a SIC Esperança.

Grupo de Parceiros peq
Da esq. para a dir. os parceiros Atelier Digital: Bernardo Correia, Google Portugal; Pedro Dominguinhos, Politécnico de Setúbal; Mercedes Balsemão, SIC Esperança; Maria Fernanda Rollo, Sec. Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; Francisco Ruiz, Google Portugal e Espanha; Nuno Mangas, CCISP; Gonçalo Dias, Universidade de Aveiro

Na sessão de lançamento, a Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Prof.ª Doutora Maria Fernanda Rollo, referiu que este projeto reveste-se de elevada pertinência uma vez que “a literacia digital, a aprendizagem de código e, em geral, a aquisição de competências digitais, contribui para aumentar a participação dos cidadãos no inexorável mundo digital”. Salientou, ainda, que “o Governo está muito empenhado em criar condições para a aquisição de competências digitais, tendo a noção muito clara de que estamos a falar num universo muito amplo a que é preciso dar resposta e as nossas Universidades, mas em particular os Institutos Politécnicos têm uma consciência muito clara nesse sentido e estão a fazê-lo em todo o território nacional”.

O Dr. Francisco Ruiz, Diretor de Assuntos Institucionais da Google Portugal e Espanha, explicou que “ao trazer esta iniciativa para Portugal estamos a contribuir também para ajudar os jovens portugueses a terem um acesso mais fácil não apenas ao conhecimento, mas também à formação imprescindível nos tempos de hoje, ao mercado de trabalho e também a contribuir para o empreendedorismo”. O responsável concluiu afirmando que “quem sabe, se à semelhança do que se passou noutros países onde o projeto foi implementado, muitos dos formandos acabam por criar o seu próprio negócio no final da formação.”

O Prof. Doutor Nuno Mangas, Presidente do CCISP, salientou “a importância desta parceria para as instituições de ensino superior”, pois o Atelier Digital “vai permitir a formação de um conjunto de jovens e de profissionais com competências que permitem retirar da internet o melhor que ela pode oferecer em termos empresariais, como procurar informação, parceiros, clientes, fornecedores e desenvolver ações de divulgação e comunicação passará a ser mais fácil e eficaz”. O Presidente do CCISP afirmou, ainda, que “para os jovens que frequentam cursos nas áreas da gestão, marketing, comunicação e mesmo no design e nas tecnologias, esta formação pode ser muito importante para a sua vida profissional futura, tendo em conta o peso que a internet tem hoje nos ambientes empresariais.”

Foto plateia peq

Para o Presidente do IPS, Prof. Doutor Pedro Dominguinhos, “este projeto é extremamente relevante porque permite complementar as competências dos nossos estudantes, […] acrescentando a este fator algo que para nós é crucial que é a possibilidade dos diplomados poderem complementar a sua formação através deste atelier com o desenvolvimento de competências digitais”.

A Dr.ª Mercedes Balsemão, Presidente da SIC Esperança, considerou que “o projeto atelier digital enquadra-se na estratégia da SIC Esperança que há anos se foca no tema do empowerment, através da educação e da aprendizagem contínua, como forma de promover a inclusão social e quebrar o ciclo da pobreza. Ao proporcionar aos jovens a aquisição de competências na área digital, estamos a abrir-lhes oportunidades de emprego, a possibilitar a sua inserção no mercado de trabalho e a fomentar o seu empreendedorismo.”

Estes programas da Google de desenvolvimento de competências digitais têm vindo a ser implementados na Europa com sucesso e com resultados bem expressivos. Na formação online estarão disponíveis 23 módulos que cobrem diferentes áreas de competências digitais, como por exemplo, pesquisa, email, redes sociais, redes display, vídeo, e-commerce e web analytics. De modo a testarem os seus conhecimentos, os formandos terão disponível no final um teste que lhes permitirá obter uma certificação reconhecida pela IAB Europe.

Os interessados poderão obter mais informações e inscrever-se através do website Atelier Digital Portugal