Filhos do Vento: o rap açoriano em documentário

  

AZ-RAP Filhos do Vento 3

Depois da estreia oficial no Festival Tremor, o documentário "AZ-RAP: Filhos do Vento" tem a sua estreia online e está disponível para visualização.  

Com a duração de 21 minutos, "AZ-RAP: Filhos do Vento" procura retratar as origens e a produção de hip-hop nos Açores. O documentário dá voz a vários protagonistas, um conjunto de rappers – incluindo Sandro G – que revelam a insularidade como fonte da sua inspiração. Desta forma, são os próprios elementos que moldaram a história e a vivência dos açorianos que influenciam a sua criação.

AZ-RAP Filhos do Vento 2

Segundo revela a produtora deste documentário, a Red Bull Media House, este filme "revela o universo pouco conhecido do rap açoriano" - o outro lado da cultura açoriana que "nasceu como uma forma de expressão com expressivas ramificações aos Estados Unidos da América".

De acordo com a mesma fonte, esta é "uma história intensa repleta de contrastes, entre as paisagens idílicas e a realidade crua de bairros considerados problemáticos".


Fonte: Red Bull Media House