Scianema: o festival de cinema sobre oceanos

  

1logoSCIANEMA

Decorre em Faro, de 18 a 22 de fevereiro, a primeira edição do Scianema Festival, organizado pela Sciaena - Associação de Ciências Marinhas e Cooperação. A entrada é livre.

Com uma programação composta por 16 documentários dedicados aos oceanos, debates e atividades de educação ambiental, o festival tem como objetivo encorajar, inspirar e consciencializar o público para a proteção dos mesmos.

A mostra conta com duas estreias no Algarve: os documentários Sandgrains e The Lubejob, que abordam temas particularmente relevantes para os algarvios. Sandgrains, filmado em Cabo Verde, fez parte da seleção de diversos festivais de cinema e mostra os impactos locais da pesca industrial.


"Azul" (2012), de Joe Romeiro, será uma das obras exibidas durante o Scianema

The Lubejob aborda um tema ainda mais atual para o Algarve: a exploração de petróleo. Outros temas abordados são as pescas e a Política Comum das Pescas (The End of The Line), as iniciativas de Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) na região do Algarve (filmes FARNET) ou a questão dos animais marinhos em cativeiro (The Cove), entre outros.

O festival terá a duração de 5 dias e vai marcar presença em diversos locais da capital algarvia: Universidade do Algarve (UAlg), Instituto Português de Desposto e Juventude (IPDJ) de Faro, Escola Básica Ilha do Ancão, Escola Secundária Pinheiro e Rosa e Centro Náutico Praia de Faro.

As sessões são temáticas e incluem debate após exibição do filme, facilitando a comunicação científica sobre o mundo marinho e promovendo a discussão aberta entre investigadores, estudantes, cineastas e outros interessados.

Gonçalo Carvalho, membro do Sciaena explica que este projeto nasce "depois de uma edição bem sucedida em Faro, em 2013, do Beneath the Waves Film Festival". Assim, optou-se por desenvolver um formato próprio de festival de modo a torná-lo menos limitado, mais adaptado às realidades nacionais e uma das muitas iniciativas regulares da associação.

"Pretendemos mostrar em Portugal uma seleção de documentários dedicados aos oceanos, com o objetivo de encorajar, inspirar, consciencializar e promover o seu livre acesso não só a especialistas mas também ao público em geral", acrescenta.

Esta edição conta com a parceria da Universidade do Algarve, do Instituto Português de Desporto e Juventude, do Cineclube de Faro, da Agência Portuguesa do Ambiente, da Plataforma Algarve Livre de Petróleo e da Erasmus Social Network.