"Esta licenciatura dirige-se a todos os que partilham o gosto pelas artes e pela cultura"

  

14141

A Escola Superior de Arte e Design (ESAD) vai inaugurar, no próximo dia 9 de março, a licenciatura em Programação e Produção Cultural. A Diretora desta nova formação, Luísa Arroz Albuquerque, explica tudo sobre os seus objetivos.

A quem se dirige esta Licenciatura?
Esta licenciatura dirige-se a todos os que partilham o gosto pelas artes e pela cultura na sua esfera de produção, programação, mediação e gestão. Vocacionado para os alunos que terminam o 12º ano nas áreas das Artes e das Humanidades, o curso permite adquirir competências práticas especializadas nestas áreas do saber, a partir de um ensino de carater vincadamente projectual e prático, favorecendo a autonomia e o desenvolvimento do espírito empreendedor.

Quais os principais objetivos do curso?
O curso tem por objetivo principal a aquisição de competências e conhecimentos para a prática profissional qualificada nas áreas de curadoria de exposições e eventos, formulação e gestão de projetos culturais e das atividades de planeamento, programação, produção e comunicação das artes e da cultura, contribuindo, simultaneamente, para o desenvolvimento de investigação aplicada destas áreas do sector das artes e da cultura.

Luisa Arroz
A diretora da nova licenciatura, Luísa Arroz Albuquerque

Quais os projetos de futuro nos quais os alunos poderão participar com esta formação?
Os projetos curriculares partem da conceção de que o conjunto da escola na sua diversidade de criação artística e as instituições culturais locais são laboratórios fundamentais para o exercício das atividades de produção, programação e curadoria, abrindo-se, portanto, à diversidade no desenvolvimento das unidades curriculares de Oficina de Mediação Cultural, Laboratório Criativo e Projeto de programação e curadoria.

Porque sentiu a ESAD a necessidade de estruturar esta licenciatura?
Esta licenciatura permitirá aumentar a capacidade da escola em transferir o conhecimento e a criação artística que desenvolve, tanto para a cidade e as suas instituições e associações, como para outras entidades a nível regional e nacional.