Uma oficina de movimento para todos os públicos

  

1TNSJ

Teatro Nacional São João faz convite para ação destinada ao público "dos 8 aos 88 anos". 

Parar a olhar o céu é uma oficina de movimento onde três gerações – dos netos aos avós – podem encontrar-se para explorar e experimentar o corpo, tendo como ponto de partida o Diário das Nuvens de Goethe.

Na obra, o autor alemão descreve minuciosamente as suas observações durante uma viagem feita em 1820 e defende que a observação atenta da natureza poderá desenvolver no homem uma outra forma de lucidez.

A iniciativa acontece no Teatro Nacional São João, no dia 17 de dezembro, em dois horários diferentes (entre as 11h00 e as 13h00 ou entre as 15h00 e as 17h00), sendo que o valor da inscrição é de 10 euros. As inscrições podem ser feitas através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do número 22 340 19 56.

Com orientação de André Braga, Para a olhar o céu é uma atividade paralela do espetáculo Climas que estará em cena de 8 a 18 de dezembro no Teatro Nacional São João e que, com recurso a dança, teatro, som e vídeo, desafia o potencial performativo dos diálogos felizes entre poesia e climatologia e entre contemplação e pensamento.

André Braga é, em conjunto com Cláudia Figueiredo, diretor artístico da Circolando, uma companhia portuense que desenvolve criações próprias, mas também acolhe artistas em residência e criou um programa de ações de formação dentro e fora de portas, onde se inclui esta iniciativa.