Nova campanha combate a condução sob efeito de álcool

  

Campanha-O-Copo-ou-a-Vida-2

A Prevenção Rodoviária Portuguesa e a Liberty Seguros acabam de lançar a campanha 'O Copo ou a Vida', que pretende sensibilizar os condutores para uma condução sem álcool e reduzir a sinistralidade rodoviária associada à condução sob influência do álcool.

"Os dados mais atuais são preocupantes. Um terço dos condutores mortos em acidentes de viação entre 2010 e 2015 tinha taxas de alcoolemia ilegais. Isto mostra-nos a importância de exigir uma mudança de comportamento, sobretudo porque apesar de os portugueses identificarem o álcool como principal fator de risco para a ocorrência de acidentes rodoviários, o número de vítimas devidas à condução sob o efeito do álcool é absolutamente inaceitável. Na realidade, desde 2010 até hoje, mais de 1000 condutores e mais de 200 peões morreram com taxas de alcoolemia superiores a 0,5g/l, para além dos que não tendo álcool foram vítimas dos que tinham", sublinha José Miguel Trigoso, Presidente da PRP.

Esta campanha conjunta de segurança rodoviária será visível em 350 outdoors colocados à entrada e saída de localidades de Norte a Sul do país, onde a velocidade máxima é de 50 km/h, o que facilita a leitura da mensagem.

Mais de 92% dos portugueses considera que conduzir sobre o efeito do álcool aumenta seriamente os riscos de acidente e torna difícil reagir de forma adequada a uma situação perigosa. Apesar desta alta perceção de risco, cerca de um em cada três portugueses (34,1%) declarou ter conduzido depois de ter ingerido bebidas alcoólicas pelo menos uma vez nos 12 meses anteriores ao estudo, e mais de 8% declarou mesmo ter conduzido com taxa de alcoolemia ilegal no último mês.