E se viajasses no tempo?

  

 

delorean-time-machine-9

Criado em 2007, o Arquivo.pt permite-te navegar pelo passado da internet. No total, são mais de 4 mil milhões de páginas preservadas desde 1996. Com os Prémios Arquivo.pt, poderás ganhar 10.000€. 

Em cada dez páginas de internet, oito desaparecem ao final de um ano de existência. Conforme recorda o Arquivo.pt, no seu site, ainda que sejam publicadas, diariamente, milhões de novas páginas web, “passado relativamente pouco tempo, a grande maioria desta informação deixa de estar disponível e perde-se”. 

Este é um fenómeno com que podemos ter contacto de várias formas: talvez através de um blog que seguíamos e que encerrou ou do desaparecimento de um website que gostávamos de visitar. É aqui que o Arquivo.pt se propõe a agir, com o interesse “no arquivo e preservação da informação publicada na Web portuguesa”. Tudo para que “o conhecimento nela contido esteja acessível às gerações futuras”.

Desta forma, ao longo dos últimos 10 anos, esta plataforma tem agregado páginas que fazem parte da "história e património" digital da humanidade, salienta a Unidade FCCN – a unidade da Fundação para Ciência e Tecnologia que dinamiza este projeto. “Uma década é apenas o começo", reforçam, acrescentando: “o arquivo.pt já é grande hoje. Imagine-se daqui a um século".

Tornar o passado presente
Outras plataformas têm vindo a evidenciar-se neste domínio. O Internet Archive, por exemplo, arquiva mais de 475 milhões de páginas de todo o Mundo. Contudo, o Arquivo.pt assume características especiais. Para além de ser dedicado à web portuguesa, possui uma funcionalidade única – a possibilidade de pesquisa não só por endereço mas também por termo, à semelhança de um motor de busca.

A plataforma inclui a possibilidade de partilha da página preservada nas redes sociais (Facebook e Twitter) e por email. É ainda possível fazer o dowload de um ficheiro de imagem e até "completar a página" com alguma informação adicional. Neste momento, o Arquivo.pt pretende ainda encontrar utilizações inovadoras da plataforma, tendo lançado os Prémios Arquivo.pt 2018 (ver caixa).

Numa altura em que o digital "faz cada vez mais parte das nossas vidas", acrescenta a Unidade FCCN, este arquivo permitirá aos internautas do futuro "entender como era o passado". De igual forma, em Arquivo.pt, poderás verificar as profundas mudanças que já se registaram na comunicação digital, de 1996 até ao presente.

Prémios Arquivo.pt: usa o passado e ganha 10.000€
No início deste ano, foram lançados os Prémios Arquivo.pt 2018 – um desafio que pretende distinguir trabalhos que utilizem os recursos do Arquivo.pt de forma inovadora. Esta utilização pode ser feita através de trabalhos de investigação mas também, por exemplo, através do desenvolvimento de API (Interfaces de Programação de Aplicações) que se mostrem úteis para a atividade do Arquivo.pt. Os prémios para os três primeiros classificados são de 10.000€, 3.000€ e 2000€, respetivamente.

Podes saber mais em: arquivo.pt/premios

O prazo de candidatura decorre até 4 de maio e os trabalhos podem ser realizados a título individual ou em grupo e ser centrados “em qualquer tema, desde que se recorra ao Arquivo.pt como fonte de informação”, esclarece a organização. Em www.arquivo.pt/premios, podes encontrar exemplos de trabalhos realizados e todas as informações sobre as candidaturas.